Desde o inicio deste processo do MP/ACRE contra TELEXFREE a principal razão da causa era nos divulgadores

Amigos! desde o inicio deste processo do MP/ACRE contra TELEXFREE a principal razão da causa era nos divulgadores, diziam que tudo que estava sendo feito era pra nos proteger de um possível golpe de piramide, até ai tudo bem mais já se passaram 6 meses e nada que aponte irregularidade na conduta da empresa pelo contrario o que vemos e que a empresa sempre está em busca de uma alternativa que possa resolver de uma vez por todas essa situação, mais o que podemos ver e que pela parte do MP/ACRE não tem o menor interesse que isso seja resolvido, todas as tentativas de acordo por parte da empresa foram rejeitadas, agora vemos uma oportunidade de ter um final toda essa agonia vivida por milhares de pessoas que investiram suas economias, dinheiro do fruto do seu trabalho, e o que já se ouve o que se ver e o sinal de que mais uma vez nada sera resolvido, pois as pessoas que estão ai pra fazerem justiça não estão nem preocupadas com a situação do João muito menos com a da Maria, quando finalmente surge uma esperança, que por sinal é de nosso direito, pois não é favor que estarão nos fazendo aceitando essa proposta da sub-rogação é direto de todos nos receber de volta pelo menos o que investimos no prejuizo já estamos de qualquer forma pois o dinheiro já está parado há 6meses gerando renda só para o coitadinho do banco do Brasil, em quantos muitos passam até por dificuldades tendo seus valores bloqueado por uma justiça que não merece um menor respeito. Tudo isso venho falar pois tive o desgosto de ver um trecho da entrevista dada pela principal inimiga da TeleXFREE Promotora do MP/ACRE Alessandra Marques confira abaixo o que ele disse ao IG:

Não se transfere crédito oriundo de atividade ilícita para outra pessoa. Isso é um absurdo e, o que é pior, fica dando esperança às pessoas de que elas vão voltar a ganhar dinheiro com isso; afirma Alessandra Marques, uma das promotoras que atuam no caso. [O faturamento da Telexfree] não vem do VoIP, vem do dinheiro que cada investidor coloca na base da pirâmide. É a má-fé extrema.

Então amigos vamos te fé mais a luta e grande contra essas pessoas das trevas

Se depender do Ministério Público do Acre, a proposta não será aceita pela Justiça

Será que mais uma vez ficaremos a ver navios? 

Ela só esqueceu que o dinheiro bloqueado é dos milhares de Brasileiros que investiram na TelexFREE, logo não é crédito de atividade ilícita e sim de pais e mães de família que só queriam melhorar de vida e não chegaram se quer poder ter a chance de trabalhar.

 

Fonte: Telexbom



Voltar

Comentários

comments powered by Disqus